domingo, 30 de setembro de 2012

Sobre o Paulinho da Viola no Circo

O Circo Voador não começou ontem. O Circo Voador tem uma história de respeito junto ao público e aos artistas. Por isso, como fãs, tanto do público, como do Paulinho da Viola, lamentamos os transtornos que ocorreram no som da apresentação do mesmo. Os equipamentos de som e luz, infra-estrutura para os eventos, são os mesmos. Cada artista faz seu show na frequencia de som que ele define como quer. O Circo Voador não pode interferir na forma que o artista quer se apresentar . A equipe de som era do próprio artista. Como é de praxe em apresentações de grandes artistas, Paulinho da Viola tinha uma equipe para cuidar do seu som. A empresária do Paulinho e a equipe de produção do Circo também ficaram surpresos quando o show começou, a ponto do técnico ser substituido no meio da apresentação, coisa que nunca aconteceu nesses 30 anos de funcionamento do Circo. As reclamações foram  muitas, partindo do próprio Circo. Isso acontece . Em alguns eventos incidentes infelizmente acontecem, mas isso não diminuiu a importancia de ter o Paulinho da Viola no palco do Circo Voador, cantando para seu público, durante 1:45h. Ele saiu do palco feliz, apesar de cansado e solicitou nova data, no verão, para fazer nova apresentação. Achamos que tanto Paulinho da Viola, quanto o Circo Voador merecem o respeito de todos que estavam nesse show comemorativo de 30 anos. Quem foi ao Circo ontem constatou que está acontecendo uma exposição de 30 anos do Circo. Essa história só pode estar sendo contada porque há muito trabalho envolvido. Nossos maiores aliados seguem sendo o público e os artistas. E também a sinceridade de jogar aberto e assumir quando a experiência aos mesmos pode ter gerado alguma frustração. Nem sempre nossa seleção ganha a partida . Foi uma noite memorável para o Circo, como sempre é quando Paulinho da Viola se apresenta. Viva Paulinho da Viola!!!

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Programação de artes cênicas na MoLA 2012


4ª feira (31/10/2012)

Lona
Jogo Sem Objetos, de Os Dois Cia. De Dança.
Metamorfoseando Danos, de Instintiva Lavanda.
MITO NO COTIDIANO: O BALÉ DAS IYABAS, do Grupo Cultural Balé das Iabás
Fragmentos ‘Sim, pela cintura’, de Mais Um Grupo de Dança.
Pátio
Nome
O Trajeto do Afeto, de Paloma Parentoni.
Instalação Cênica - Metamorfose Volante 
Concepção: Juliana Sansana.
Nome
- 1º Ato – Troca de Pele, Treinamento VIVA.
- Vinil, Rafael Gonzalez. – cola nos pára-brisas laterais e filmito nos pára-brisas frontal e posterior.
- CUNIS AQUA, Sandra Calaça.
- Banho de fluor, Ralf Life.


______________________________________________________________________

5ª feira (1/11/2012)

Lona
- Boceta de Pandora, de Érica Leonardo.
- Jogo Sem Objetos, de Os Dois Cia. De Dança.
- O Cabaré Circense, de Trupe Grandes Seres da Montanha.

Pátio
- 1º Ato, Treinamento VIVA.

Instalação Cênica - Metamorfose Volante
- Sonho, Trupe Grandes Seres da Montanha.
- CUNIS AQUA, Sandra Calaça.
- Eu Me [Trans]formo Nas Peles Que Habito, VICTOR D’OLIVE.
- Tomando Cor, Ralf Life.
______________________________________________________________________

6ª feira (2/11/2012)

Lona
- Passificadora, André Bern.
- Miúdo, Coletivo Bivaque.
- Paralelo Circular, Duo meato.

Pátio
- 2º Ato, Treinamento VIVA.

Instalação Cênica - Metamorfose Volante
- Performances e Intervenções Urbanas, Grupo LYRA.
- O Conto da Barata, Sheyla de Castilho e Barbara-Ella.
- Tomando Cor, Ralf Life.
______________________________________________________________________

Sábado (2/11/2012)

Lona
- Uma Nega Maluca me apareceu..., Antonio do Rosário.
- Todas las anas en uma, Ana Schlimovich.
- SOLTA O SOM, JP MOVE.


Pátio
- Maltrapilha, Andréia Evangelista.

Instalação Cênica - Metamorfose Volante
- O Canto da Barata, Tammy Caroline.
- SHOT, Bola Fabio e Carla Calmon.

Instalação Cênica – Metamorfose Volante. Concepção: Juliana Sansana.


Treinamento VIVA participantes:
- Viviane Dias
- Jessica Mayara
- Aline Collet
- Tammy Caroline
- Priscylla Gresser
- Polliana Páccola
- Sandra Calaça
- Santiago Sabella

Mais sobre a exposição MoLA 2012!

Uma exposição monumental espera por você na MoLa 2012. 
Um jacaré de Papo Amarelo enorme, pássaros e barcos gigantes, cabines imaginárias e construções infláveis serão apresentadas na 7ª Mosta Livre de Artes. O conceito desta edição abordará temas pertinentes à arte contemporânea, como autoria, intervenção urbana, engajamento social e deslocamento de obras. Ao todo, serão seis instalações artísticas que ocuparão os jardins do Circo Voador, entre os dias 31 de outubro e 3 de novembro. Quem vier à MoLA, ainda poderá conferir a Exposição Circo Voador 30 anos. 


Conheça as obras selecionadas para exposição da MoLA 2012:
Papo amarelo, de Arqueiro:
"Instalação interativa, que celebra a cultura e natureza do Brasil e da América Latina. Tornando-o um ambiente social, o aspecto fundamental é a interação física que o publico terá com a obra. Em um ambiente lúdico e descontraído vamos convidar as pessoas a baterem um “Papo Amarelo”: um papo animado, interessante e inteligente abordando todos os diferentes aspectos que esta obra inspira."

O Lugar da obra de arte, de Pedro Felipe Maia:
"O trabalho é uma reflexão a respeito do lugar da obra de arte, no caso o espaço cedido pelo MoLA, que é constituído por uma cabine em compensado de madeira. A ideia trata da desconstrução dessa cabine enquanto espaço físico e a representação da mesma em diversas maneiras, assim ressignificando-a."

Desdobramentos, de Leandra Carvalho do Espírito Santo:
"Desdobramentos é um projeto de ação urbana que consiste na realização de uma série de dobraduras gigantes feitas em meio ao público. Depois de feitas, elas serão deslocadas da MOLA para pontos da Lapa criando um vínculo do evento com a região. Será distribuído um mapa com os locais da ação e o público poderá participar de todo o processo do trabalho."

Nascimento da cor, de Felipe Bardy, Gabriel Farinon e Alander Especie:
"O intuito dessa obra é transmitir valores como transformação, renovação e evolução. Todo material utilizado é orgânico ou reaproveitado e a luz é emitida por leds que consomem pouca energia, garantindo um impacto positivo ao meio ambiente. Esse enorme casulo, integrado organicamente com a estrutura do circo, revela o nascimento da cor. Subjetivamente, convidamos o expectador a questionar-se sobre o rumo do suposto progresso que a humanidade vem testemunhando ao longo de sua existência."

11111110, de Anton Steenbock e João Marcos Mancha:
"A instalação é uma grande escultura inflável alimentada por dois ventiladores industriais e balões de hélio. O público é convidado a passear pelo interior da obra que proporciona uma reflexão sobre tempo e espaço."

Tria Angul Ação, de Tahian Bhering:
"Pintura, instalação e performance. A Triangulação é uma explosão de cores e geometria inspirada por Carmen Miranda, com estilhaços de cor que descolam e voam em diferentes direções, planando no ar e colando onde a imaginação das pessoas permitir."

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Mais sobre as bandas da MoLA 2012

31/10
- Tupiniquim Jazz Orquestra - Na orquestra são todos muito novos e muito felizes querendo botar a música para frente. Uma abertura ideal para a MoLA - http://www.youtube.com/watch?v=CB-LCbgCRI8
- Taís Alvarenga - Dona de uma potente voz e prestes a gravar seu disco de estreia, Taís vem a MoLA mostrar porque a expectativa é grande em relação ao seu trabalho. -http://www.youtube.com/watch?v=bG36-vXVyMI
- Babi Jaques e os Sicilianos (PE) - Essa gangue mafiosa ganhou o Web FestValda e retorna ao Circo, com sua performance peculiar e sua música antropofágica -http://soundcloud.com/babijaqueseossicilianos 
- Di Melo (PE) – O imorrível! Di Melo gravou um disco icônico na década de 70 e sumiu no mundo. Redescoberto por uma nova geração, retornou recentemente aos palcos e provou ao mundo que é imorrível. Para bailar! - http://www.dimeloimorrivel.com.br/dimelo.html
- Festa convidada: Vinil é Arte! – Coletivo de pesquisa musical que se dedica a formar uma diversificada coleção de discos. Os 5 integrantes do grupo levam sua pesquisa ao público discotecando na abertura da MoLA uma seleção de musicas que é o “fino do vinil”. - http://vinilearte.com/

01/11
- Feijão Coletivo - Coletivo de músicos que se reuniram para provocar um verdadeiro balanço geral. - http://www.youtube.com/watch?v=yW72F-V09tk&feature=plcp
- Tigre Dente de Sabre (SP) : Um dos principais destaques do Circo Digital, o Tigre Dentes de Sabre retornam ao palco do Circo com sua incrível performance unindo baixo, sintetizadores e uma grande festa. - http://tigredentedesabre.tumblr.com/
- Iconili (MG) : Banda de Belo Horizonte que traz no seu som instrumental uma peculiar mistura de timbres imersos em atmosfera de transe. Sopro, guitarra e cozinha no ponto certo. -  http://iconili.tumblr.com/
- Morbo Y Mambo (ARG) : Esses argentinos trazem para a MoLA uma experiência que pode a qualquer momento englobar experiências do dub, do afrobeat e da psicodelia do rock.  http://morboymambo.bandcamp.com/
- Bixiga70 (SP) :A banda nasceu da junção de dez músicos conhecidos da cena paulistana que têm em comum trabalhos desenvolvidos no estúdio Traquitana, localizado no numero 70 da Rua Treze de Maio, no coração boêmio do centro de São Paulo. - http://bixiga70.com/ 

02/11 
- Os Vulcânicos :Os reis das quintas na Lapa, esse power trio vem fazendo tanto agito nas quintas da Lapa que conseguiram meter o pé na porta do Circo e entrar para o line up da MoLA -http://tnb.art.br/rede/osvulcanicos/
- O Terno (SP) : Irônico, inteligente e bem-humorado. Esse é o trio paulistano O Terno, que vive uma ótima fase. Munidos de letras sagazes e excelentes execuções ao vivo, O Terno cai muito bem em qualquer ocasião. Inclusive na MoLA - http://www.myspace.com/oterno
- Trupe Chá de Boldo (SP) : Com seu segundo disco, Nave Manha, recém-lançado, a Trupe Chá de Boldo chega a MoLA com seu divertido show, com uma sonoridade que te puxa pelos ouvidos e antes que você perceba vai ter feito seu corpo inteiro de refém  - http://cargocollective.com/trupechadeboldo
- MoMo : A música de Marcelo Frota, o MoMo, é uma soma de experiências que o artista colheu em suas passagens pela África, Estados Unidos e Espanha. Seu terceiro disco, Serenade of a Sailor, foi recebido com entusiasmo pela critica musical. Agora é a vez do trabalho do MoMo ser ouvido pelo entusiasmado público da MoLA. - http://www.myspace.com/momoproject
- Mallu Magalhães : O novo trabalho de Mallu tem nome de fruta e uma sonoridade moderna, inédita, brasileira e universal. Depois de lotar o Solar na estreia do lançamento de Pitanga, a MoLA recebe a moça com muita alegria para fechar belamente esta noite. - http://www.mallumusic.com.br/

03/11

- Monte Alegre Hot Jazz Band : Formada em 2009 no Rio de Janeiro por músicos incríveis, a Monte Alegre Hot Jazz Band traz um fantástico show do "traditional jazz" para o palco da MoLA! Realmente isso vai ser muito divertido. - http://www.youtube.com/watch?v=6PaLmXsz76Y 
- André Sampaio e os Afro Mandinga :André, guitarrista do Ponto de Equilíbrio, mergulhou na cultura e na musicalidade africana e brindou o público com esse belo trabalho. -http://soundcloud.com/andresampaiomandinga
- Biltre : Em seu show, o grupo faz uso de equipamentos sonoros diversos, vídeo-mapping e letras que são divertidas crônicas dos tempos atuais. - http://biltre.tnb.art.br/ 
- Mohandas :  O jeito coletivo de fazer música, mas a atitude de fazer suas apresentações em lugares abertos, unidos por diversas influências musicais, fazem do Mohandas uma boa aposta para essa edição. - http://www.mohandas.com.br/
- Pequena Morte (MG) :Seja botando geral para dançar numa festa, seja produzindo festivais como a MoLA, a Pequena Morte é uma das bandas que mais se destaca hoje na cena de Belo Horizonte. Seu ska abrasileirado e com várias influências traz um efeito sensacional para os ouvidos! -  http://www.pequenamorte.com.br/  – 
- BID O produtor e músico BiD queria provar os diálogos que existem entre a musicalidade do Brasil e da Jamaica e acabou elaborando um dos projetos musicais mais interessantes dos últimos tempos, o Bambas Dois. -http://www.bambasdois.com.br/


Selecionados MoLA 2012


Recebemos cerca de 700 inscrições para a sétima edição da MoLA.
Agradecemos a todos que participaram.
Confira os projetos selecionado para a MoLA 2012:


Taís Alvarenga
Babi Jaques e os Sicilianos (PE) 
André Sampaio e os Afromandingos 
Tigre Dente de Sabre (SP0
Iconili (MG)
Morbo Y Mambo (ARG) 
Os Vulcânicos 
O Terno (SP)
Trupe Chá de Boldo (SP) 
MoMo 
Monte Alegre Hot Jazz Band
Biltre
Mohandas
Pequena Morte (MG)
Nota da produção: Mais uma banda está cotada para entrar na grade. Estamos aguardando apenas o ok dos músicos envolvidos para divulgar corretamente.



Papo amarelo, de Arqueiro
O Lugar da obra de arte, de Pedro Felipe Maia
Desdobramentos, de Leandra Carvalho do Espírito Santo
Nascimento da cor, de Felipe Bardy, Gabriel Farinon e Alander Especie
11111110, de Anton Steenbock e João Marcos Mancha
Tria Angul Ação, de Tahian Bhering



8 trabalhos de R$250:
Boceta de Pandora, de Érica Leonardo. 
Eu Me [Trans]formo Nas Peles Que Habito, Victor D'Olive. 
Passificadora, de André Bern. 
Miúdo, do Coletivo Bilaque. 
Performances e Intervenções Urbanas, do Grupo Lyra 
Uma Nega Maluca Me Apareceu... , de Antônio do Rosário. 
todas las anas en una, de Ana Schlimovich. 
Maltrapilha, de Andréia Evangelista.

4 trabalhos de R$500:
O trajeto do Afeto, de Paloma Parentoni. (BH)
Solta o Som, do grupo JP Move. 
Metamorfoseando Danos no Paralelo Circular
de Instintiva Lavanda e Duo Meato.
Mito no Cotidiano: O Balé das Iyabas, do Grupo Cultural Balé das Iyabas. 

2 trabalhos de R$1.000:
Fragmentos 'Sim, pela cintura', de Mais Um Grupo de Dança. (SP)
Cabaré Circense, de Trupe Grande Seres da Montanha. 

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

SHOW EXTRA DO PLANET HEMP



Como todos sabem o Planet Hemp se reuniu para fazer um show do disco "Usuário" em homenagem aos 30 anos do Circo. 

Os ingressos esgotaram em pouco mais de uma hora de venda. Uma pressão para um show extra começou de imediato.

O show extra
 foi confirmado. Mas em dezembro numa casa na Barra da Tijuca com capacidade para cerca de dez mil pessoas.

O Circo Voador fica feliz, pois vai receber esta banda histórica no seu calendário de comemorações, e pelas milhares de pessoas que não conseguiram adquirir o ingresso e tem uma nova chance de assistir o Planet num espaço maior onde a banda tem a capacidade de abrigar maior número de seus merecidos fãs!

segunda-feira, 10 de setembro de 2012